NOVO SITE. CLIQUE SOBRE A FOTO E CONFIRA

LIvraria virtual 'Chesterton Livros'

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Frases sobre Chesterton

“Chesterton é a multidão” Ezra Pound

“A obra de Chesterton é vastíssima e não contém uma só página que não ofereça um felicidade.” (Jorge Luis Borges)

“Chesterton foi um dos pensadores mais profundos que jamais existiram. Era profundo porque tinha razão, e não podia deixar de tê la; mas também não conseguia deixar de ser modesto e amável; por isso, deixava os que concordavam com ele pensarem que estava certo e era profundo; quanto aos outros, desculpava se por ter razão, e fazia se perdoar a profundidade com o engenho, pois era só o que eles conseguiam ver nele." (Etienne Gilson)

“Escreveu especialmente para o homem da rua, repetindo com linguagem clara suas mensagens simples e valiosos.” (Evelyn Waugh)

“Sua melhor qualidade era o dom de iluminar o ordinário e de descobrir nas coisas comuns uma certa eternidade...Sua lei, escrita nos livros da vida, era ver pela primeira vez nas  coisas o que ninguém havia visto nas noventa e nove vezes anteriores.” (Ronald Knox)

“Chesterton tinha mais sentido comum do que todos os escritores modernos juntos.” (C.S. Lewis)

“Nunca decepcionou ao focar com um alto nível de sabedoria moral os problemas mais confusos de nossa época.” (M. McLuhan)

“Escreveu demasiado bem, demasido siceramente e com demasiado vigor para merecer um simples espaço em um museu.” (Anthony Burgess)

“Chesterton é um artista de palavra.” (Aldoux Huxley)

“Sentia uma simpatia imensa por esse homem, era um adversário honradíssimo, o mais honrado que encontrei em minha vida." (Middleton Murry)

“Era demasiado bom para ser político...Escreveu seus pensamentos com sutileza, simplicidade e  ilusão do descobrimento.” (Graham Greene)

“a influência de Chesterton será maior nas gerações ainda não nascidas que entre seus contemporâneos.”  (Sir Arthur Bryant)

“Sentia um profundo e instintivo desgosto pelo rumo que tomava o século XX, o qual lhe converteu em um impressionante profeta.” (Malcolm Muggridge)

Retirados da biografia Chesterton: um escritor para todos los tiempos, de Luis Ignacio Seco, Ediciones Palabra, Madrid, 1998. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vídeos

Loading...